Itapiranga/SC - Sexta-feira, 08 de Novembro de 2019
www.oestemania.net


4 de novembro de 2019

Itapiranga se torna referência mundial com o primeiro projeto de avicultura

O Brasil é um dos principais produtores de carne de frango do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Neste cenário, Santa Catarina está em destaque. O Estado é responsável por 33% do total da produção nacional, com 993,15 mil toneladas embarcadas de janeiro a setembro deste ano, segundo dados da Epagri/CEPA. As exportações do produto catarinense já geraram receitas que passam de US$ 1,73 bilhão ao Estado.

Além dos bons resultados no mercado externo, o país também percebe bons números em relação ao consumo doméstico. Recentemente, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) divulgou um estudo onde o Brasil aparece em sétimo como maior consumidor per capita mundial de carne de frango.

Por isso produtores avícolas catarinenses têm investido cada vez em tecnologia para garantir produtividade e alinhamento a critérios de mercados exigentes. A genética é o principal ponto de atenção, considerando que estes investimentos refletem em desenvolvimento e produção da carne com maior qualidade, com redução da idade de abate e melhora na conversão alimentar, já que altera o rendimento da carcaça e cortes nobres.

Com o melhoramento genético, realizado por meio da seleção das melhores aves e a aplicação desse conhecimento na cadeia produtiva, os aviários têm retornado com ótimos resultados às granjas. Além disso, a nutrição das aves tem sido cuidadosamente estudada e adaptada.

Hoje, os animais recebem um complexo conjunto de macro e micronutrientes, com a combinação correta de proteínas e carboidratos. Entretanto, para aproveitar ao máximo o potencial genético das aves, não é necessário apenas a melhor ração. Critérios como ambiência e estrutura são fundamentais para o bom desenvolvimento das aves.

Bem-estar animal influencia no desenvolvimento na mesma proporção que a nutrição

O bem estar animal influencia muito no crescimento e também em resultados zootécnicos. Um animal menos estressado e com mais conforto durante a vida consegue chegar ao peso ideal em muito menos tempo, por exemplo.

Hoje, a média nas granjas catarinenses é de que, em 45 dias, uma ave já tenha o peso de 2,5 quilos. Antigamente eram necessários três meses para que atingisse esse peso. Levando em conta essa premissa, produtores rurais têm investido em conforto térmico e melhor iluminação em seus aviários. De acordo com especialistas, isso reduz o estresse dos animais e, inclusive, diminui o tempo de alojamento deles.

De olho na sanidade animal

Santa Catarina é referência mundial em sanidade animal. Por isso consegue entrar com seus produtos em mercados extremamente criteriosos, à exemplo da Arábia Saudita. E os esforços para garantir o status de excelência sanitária muitas vezes caminham ao lado das conquistas de bem-estar.

Exemplo disso, foi implantado na região oeste do Estado, em Itapiranga, o primeiro projeto de compartimentação da avicultura de corte do mundo. Foram 11 anos de estudos para a aplicação desse sistema, que envolveu o governo de Santa Catarina, Ministério da Agricultura e também a iniciativa privada.

A compartimentação funciona mapeando e isolando os aviários e frigoríficos, como um sistema fechado, onde as aves e os produtos circulam apenas por uma determinada área geográfica. Ali a ave nasce, se desenvolve e encerra a cadeia produtiva sem necessitar de transportes exaustivos e consideráveis mudanças climáticas. Tudo dentro de uma mesma área geográfica, que neste caso envolvem 28 cidades da região. A proposta desse sistema reduz risco de doenças e epidemias, e garante maior controle de qualidade.

Santa Catarina segue investindo em estudos para, cada vez mais, ser referência em produção animal. Esse trabalho recebe apoio, fiscalização e investimentos do Instituto Catarinense de Sanidade Animal, o Icasa.

Fonte(s): G1/SC – Icasa

Uma resposta para “Itapiranga se torna referência mundial com o primeiro projeto de avicultura”

  1. irno roque devitte disse:

    Louvável esse avanço tecnológico do agronegócio catarinense. Por outro lado, não custa perguntar: o agricultor é o início, o meio e o fim de todo essa cadeia produtiva. Terá aumento real de ganho na entrega de cada lote ou continuará apenas como trampolim para putos ganhar?

Deixe seu comentário

voltar

Últimos vídeos

Repórter Farroupilha

Já viu algo parecido?Os irmãos Artur, 5 e Alisson, de 11 anos, sobrinhos do Juliano Borges, gaiteiro do João Luiz Corrêa.Repórter Farroupilha Giovani Grizotti direto de Campo Bonito, distrito de Itapuca no RS.De arrepiar!

Posted by Portal Oeste Mania on Tuesday, October 29, 2019

Temporal de vento seco que durou mais de meia hora, e após chuva forte, deixou a população em alerta na madrugada desta segunda-feira em Itapiranga e região. Como foi o tempo aí?

Posted by Portal Oeste Mania on Monday, October 28, 2019

Temporal em Itapiranga

Santa Catarina na Oktoberfest

Assustados pensando que o avião iria cair, mas foi totalmente incrível.Banda alemã Voxxclub, que está em Santa Catarina na Oktoberfest fez um Flash-Mob no vôo Brasil/Blumenau.

Posted by Portal Oeste Mania on Friday, October 18, 2019

Santa Catarina na Oktoberfest

 

Encerramento da Oktoberfest acon...

Aproveite!

Aproveite o mês de outubro!Confira o que te espera na Construhaus.Em Itapiranga e Iporã do Oeste.

Posted by Portal Oeste Mania on Tuesday, October 15, 2019

Promoção de pisos, revestimentos...

Classificados

Motos
Motos novas e usadas na Francar Itapiranga

Motos novas e usadas na Francar Itapiranga

carro
SIENA HLX FLEX 2008 na Francar Itapiranga

SIENA HLX FLEX 2008 na Francar Itapiranga

© Copyright 2019