Segunda, 19 de Abril de 2021 09:06
(55) 99612-5337
importadas-do-site-antigo Meninos

Meninos mortos com choque elétrico em Jacutinga

Meninos mortos com choque elétrico em Jacutinga

23/07/2013 00h00 Atualizada há 8 anos
27
Por: Redação 2

Ginásio Municipal de Jacutinga ficou pequeno para o povo acompanhando o velório dos garotos

O pequeno Mateus passou mal ao ver os amigos Iury Zulian e Leonardo Lodea, sem vida, no Ginásio Municipal de Jacutinga e precisou ser socorrido após desmaiar. O mesmo local em que eles tanto se reuniam para se divertir em jogos e comemorar se vestiu de luto para dizer adeus aos colegas, mortos por uma descarga elétrica em uma quadra de futebol municipal. O local está interditado desde a noite de segunda-feira, quando aconteceu o acidente e passará por perícia na tarde de quarta-feira.

<font color="#000000" face="Times New Roman" size="3">A consterna&ccedil;&atilde;o n&atilde;o &eacute; s&oacute; de familiares dos estudantes de oito e 11 anos. Amigos, colegas, professores e autoridades do munic&iacute;pio est&atilde;o no Gin&aacute;sio Municipal de Jacutinga acompanhando o vel&oacute;rio dos garotos. </font>

<font color="#000000" face="Times New Roman" size="3">&mdash; Perdi minha rel&iacute;quia&mdash; lamentava Gilson Lodea, com a fotografia de Leonardo nas m&atilde;os. </font>

<font color="#000000" face="Times New Roman" size="3">O menino que sonhava em ser jogador de futebol, prometia sempre ao pai que quando se cansasse dos campos voltaria para trabalhar na ro&ccedil;a e ajudar a fam&iacute;lia. Junto com Iury, que torcia acaloradamente para o Inter, os garotos brincavam numa quadra esportiva pr&oacute;xima &agrave; escola em que estudavam, quando aconteceu o acidente. Per&iacute;odo de f&eacute;rias, a cerca esburaqueada que cercava a quadra era a porta de entrada para os garotos que gostavam de se divertir. </font>

<font color="#000000" face="Times New Roman" size="3">O uso da quadra pelas crian&ccedil;as fora do per&iacute;odo escolar era de conhecimento de todos na cidade. Constru&iacute;da em 2008 com recursos do Governo Federal no programa Segundo Tempo, a quadra era utilizada em dias de sol pela Escola Municipal de Ensino Fundamental Darvile DallOglio. Os buracos na tela no port&atilde;o de entrada e em tr&ecirc;s outros locais ao longo da cerca, mostram que a prote&ccedil;&atilde;o n&atilde;o conseguia impedir o acesso.</font>

<font color="#000000" face="Times New Roman" size="3">&mdash; A gente sabia que eles iam l&aacute;, todas as crian&ccedil;as v&atilde;o. O que nunca imaginamos &eacute; que tinha fios largando energia na cerca &mdash; contou Solessi Lansana, 42 anos, m&atilde;e de Iury. </font>

<font color="#000000" face="Times New Roman" size="3">A per&iacute;cia deve ser realizada por uma equipe do Instituto Geral de Per&iacute;cias, na tarde de quarta-feira. Mas &eacute; vis&iacute;vel para quem chega no local, que um fio comum leva energia do pr&eacute;dio ao lado, onde funciona um clube de terceira idade, para um pequeno poste de madeira dentro da quadra. Conforme o vice-prefeito Gelssi Lodea, a liga&ccedil;&atilde;o teria sido feita pela empreiteira ainda durante a constru&ccedil;&atilde;o da quadra e nunca foi tirada. </font>

<font color="#000000" face="Times New Roman" size="3">A Pol&iacute;cia Civil, que investiga o caso, acredita que o fio, que est&aacute; amarrado nos postes que sustentam a tela ao redor da quadra, tenha se rompido ou desencapado em algum local, provocando a energiza&ccedil;&atilde;o da tela. </font>

<font color="#000000" face="Times New Roman" size="3">No momento do acidente, sete crian&ccedil;as brincavam na quadra. Depois de jogar bola, eles resolveram ir embora ao ver que se armava um temporal.</font>

<font color="#000000" face="Times New Roman" size="3">&mdash; Apostamos uma corrida na quadra at&eacute; a cerca. O Leonardo e o Iury chegaram antes e quando encostaram na cerca ficaram presos. A gente tentou tirar, mas tamb&eacute;m levou choque &mdash; contou um dos meninos. </font>

<font color="#000000" face="Times New Roman" size="3">O menos dos garotos conseguiu passar pelo buraco rente ao ch&atilde;o e chamou o pai de Leonardo, que tentou socorrer os garotos. Eles foram levados para o Hospital S&atilde;o Judas Tadeu, mas era tarde demais. </font>

<font color="#000000" face="Times New Roman" size="3">Os garotos ser&atilde;o enterrados &agrave;s 16h desta ter&ccedil;a-feira, no Cemit&eacute;rio Municipal de Jacutinga<br />

<br />

Fonte ZH</font>

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias