Segunda, 19 de Abril de 2021 10:13
(55) 99612-5337
importadas-do-site-antigo SMO

SMO - Dengue: Já são 26 focos no município

SMO - Dengue: Já são 26 focos no município

23/07/2013 00h00 Atualizada há 8 anos
21
Por: Redação 2

Município é o segundo com mais casos no Estado

<span class="texto-noticia" id="txtNot" style="font-size:14px;"><em><strong>Nem mesmo as campanhas e os pedidos de colabora&ccedil;&atilde;o surtem efeito</strong></em></span>

<span class="texto-noticia" id="txtNot" style="font-size:14px;">O n&uacute;mero de focos do mosquito da dengue se tornou uma preocupa&ccedil;&atilde;o &agrave; sa&uacute;de p&uacute;blica de S&atilde;o Miguel do Oeste. Somente neste ano, j&aacute; s&atilde;o 26 confirmados. Os &uacute;ltimos cinco foram localizados no final de semana. Tal explos&atilde;o de casos, segundo a secret&aacute;ria de Sa&uacute;de do munic&iacute;pio, Beatriz Soares, se deu pelas pancadas de chuva isoladas, que ocasionam ac&uacute;mulo de &aacute;gua.<br />

O fato coloca S&atilde;o Miguel do Oeste entre mais os munic&iacute;pios com situa&ccedil;&atilde;o mais preocupantes no Estado, com maior n&uacute;mero de focos registrados, seguido por&nbsp; Chapec&oacute;. Na semana passada, tr&ecirc;s pessoas foram atendidas na rede p&uacute;blica de sa&uacute;de, com sintomas da dengue. Os pacientes s&atilde;o oriundos do Estado Mato Grosso. Os resultados dos exames laboratoriais ainda n&atilde;o foram encaminhados &agrave; secretaria da Sa&uacute;de.<br />

O trabalho de monitoramento e &ldquo;ca&ccedil;a&rdquo; ao mosquito continuam diariamente. Os agentes vasculham terrenos, casas e pr&eacute;dios, a procura de poss&iacute;veis fatores que contribuam com a exist&ecirc;ncia de criadouros.<br />

Segundo o supervisor do Programa de Combate a Dengue no munic&iacute;pio, C&eacute;lio Silva, os &uacute;ltimos focos foram encontrados, novamente, no centro da cidade, obrigando a equipe a trabalhar dobrado. Silva ressalta ainda, que h&aacute; muitos casos de resist&ecirc;ncia de alguns moradores em liberar o acesso dos agentes &agrave;s casas e terrenos. Por fim, ele refor&ccedil;a o apelo &agrave; popula&ccedil;&atilde;o para que entendesse a gravidade da situa&ccedil;&atilde;o, cuidando de seus quintais e eliminando a &aacute;gua acumulada.<br />

O resultado dos casos suspeitos da dengue devem sair nos pr&oacute;ximos dias.<br />

<em><strong>Cuidados para evitar a dengue</strong></em><br />

- N&atilde;o deixe nenhum recipiente com &aacute;gua parada;<br />

- Verifique se as caixas d&rsquo;&aacute;gua est&atilde;o bem vedadas;<br />

- Trate piscinas com cloro e limpe-as uma vez por semana;<br />

- Lugar de lixo &eacute; no lixo: copos, garrafas, latas vazias, devem ser colocadas na lixeira, dentro de saco pl&aacute;stico bem fechado. N&atilde;o jogue lixo em terrenos baldios;<br />

- Mantenha as calhas para &aacute;gua da chuva desentupidas;<br />

- Coloque areia nos pratos dos vasos de plantas;<br />

- Remova regularmente a &aacute;gua acumulada em folhas de plantas como brom&eacute;lias;<br />

- Mantenha ralos fechados e desentupidos;<br />

- Encha de areia at&eacute; a borda os pratinhos de vasos de plantas.</span>

<span class="texto-noticia" id="txtNot" style="font-size:14px;"><strong>C&eacute;lio Silva</strong><br />

<em>Supervisor do Programa de Combate a Dengue</em><br />

&ldquo;A popula&ccedil;&atilde;o deve receber bem os agentes de sa&uacute;de e colaborar na manuten&ccedil;&atilde;o e limpeza dos terrenos, eliminando recipientes que possam se tornar criadouros do mosquito&rdquo;</span>.

&nbsp;

portalsmo

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias