Segunda, 19 de Abril de 2021 09:18
(55) 99612-5337
importadas-do-site-antigo Grêmio

Grêmio vence o Inter no Estádio Beira-Rio e pega o Caxias no fim de semana

Grêmio vence o Inter no Estádio Beira-Rio e pega o Caxias no fim de semana

23/07/2013 00h00 Atualizada há 8 anos
19
Por: Redação 2

 

Léo Gago e Kleber marcaram os gols tricolores e Leandro Damião fez o gol coloradoGrêmio vence o Inter no Estádio Beira-Rio e pega o Caxias no fim de semana Diego Vara/

Gladiador anotou o seu primeiro em Gre-Nais

 

 

 

 

 

O Grêmio saiu vitorioso do Gre-Nal 391. Apesar do Carnaval turbulento, com a saída de Caio Júnior e a contratação de Wanderley Luxemburgo, o time do interino Roger Machado surpreendeu o Inter dentro do Estádio Beira-Rio, em plena Quarta-feira de Cinzas. Léo Gago e Kleber Gladiador marcaram os gols tricolores. Leandro Damião descontou para o time da casa.

O JOGO

O Grêmio começou a partida melhor. Impunha as jogadas de ataque no Beira-Rio e desafiava o meio-campo do Inter. Com apenas dois marcadores — Sandro Silva e Bolatti — o time de Dorival Júnior não conseguia dominar o setor como nas partidas contra o Caxias e Cruzeiro-POA. Roger Machado, interino, mas ótimo marcador nos tempos de lateral-esquerdo, fez com que o quadrado do meio gremista apresentasse maior volume de jogo e de situações de gol. A esquerda, com Julio Cesar, era a melhor opção para o Grêmio. Não porque Elton estava mal na partida, mas porque Kleber deixava a grande área e participava das jogadas com desenvoltura e, por vezes, força. Marco Antonio, ora pela direita, ora pela esquerda, também se movimentava com qualidade. Logo, três gremistas contra dois colorados estabeleciam o que deveria ocorrer na intermediária do Inter: chutes e chegadas com perigo do lado do Grêmio.

Foi aos nove minutos a primeira surpresa do jogo. Gilberto Silva apareceu na área para aparar um cruzamento de Leo Gago da esquerda. Houve o cabeceio, mas para fora. Três minutos depois, Marcelo Moreno desafiou Muriel com um belo chute. O goleiro do Inter, bem posicionado, defendeu sem maiores problemas. O primeiro chute do Inter ocorreu aos 12 minutos, com D'Alessandro. O argentino trocou passes com Damião e resolveu bater de fora da área. Victor também realizou a defesa sem maiores problemas.

Mesmo com o Grêmio tendo bom volume de jogo e troca de passes, foi em uma bola parada a origem do gol gremista. Aos 15 minutos, Moledo perdeu uma arrancada para Kleber e derrubou o jogador na entrada da área. Os jogadores cobraram o árbitro Fabrício Neves Corrêa. Queriam pênalti. Com a falta marcada na entrada da área, dois minutos depois, Marco Antônio foi autorizado a cobrar. O meia gremista cruzou para a área com perigo, Muriel afastou de soco. Leo Gago bateu de primeira, a bola carimbou a trave e, na volta, bateu em Muriel para voltar ao gol colorado. Estava aberto o placar.

Acontece que o gol acordou o Inter. Principalmente D'Alessandro. O gringo passou a organizar o meio-campo colorado, ao lado de Oscar. Aos 23 minutos, uma bola cruzada pelo camisa 10 do Inter encontrou a cabeça de Índio. O zagueiro colorado empurrou para trás e Bolatti bateu de primeira, com perigo, rasteira. Estava acessa a torcida no Beira-Rio. O incêndio ocorreu aos 28 minutos. Fernando tentou o passe rápido na intermediária colorada e Dagoberto, mais rápido, interceptou a bola e ficou armado para o contra-ataque do Inter. Com dois atacantes — o próprio Dagoberto e Damião — contra dois defensores — Naldo e Gilberto Silva —, o camisa 20 do Inter apenas esperou para aproveitar a linha de impedimento gremista para lançar a bola para Damião. Sem irregularidade, Victor foi obrigado a sair do gol. Mas Damião iria marcar e quebrar um hiato com a rede que vinha desde o dia 25 de janeiro, contra o Once Caldas. Com um toquinho, por sobre Victor, estava marcado o gol de empate colorado.

Segundo tempo com outra postura colorada

A marcação e o coletivo do time de Dorival Júnior melhorou na etapa final. Oscar, pela direita, e Dagoberto, pela esquerda, melhoraram na partida e melhoraram o meio-campo do Inter. Ainda assim, Fernando, Léo Gago, Souza e Marco Antônio fechavam o setor e impediam que a velocidade dos colorados impusesse o ritmo da partida. Com isso, Damião, isolado, pouco recebia a bola. Então tinha de partir para a jogada pessoal. Aos 18 minutos, com um drible desconcertante em Naldo, entrou na grande área e bateu cruzado, forte, assustando Victor.

Só que o Grêmio tinha Kleber. E Kleber é implacável na grande área. Eram 21 minutos, Marco Antônio, pela meia-esquerda, encontrou o Gladiador. O atacante gremista, esperto e com extrema frieza, deu um toquinho na saída de Muriel. Experiente e irritante, veio em direção à torcida do Inter, ergueu as mãos para o céu e, após a chegada dos companheiros, se jogou ao chão, abraçado com os outros jogadores. O Inter já estava com a bola no meio e Kleber ainda comemorava a nova vantagem no placar.

Dorival apostou em sangue novo para melhorar seu time. Chamou Jô e João Paulo para os lugares de Dagoberto e Sandro Silva, respectivamente. O Inter, assim, passou a ter dois homens centralizados na área - Damião e Jô - e João Paulo, Oscar e D'Alessandro armavam as jogadas pelo meio-campo. Porém, a troca proposta por Dorival não surtiu efeito. Oscar seguia bem marcado pela defesa gremista e D'Alessandro, nem de longe parecia o homem Gre-Nal dos demais clássicos.

Porque desta vez o clássico era de Victor, goleiro gremista tão contestado em Gre-Nais: aos 41 minutos do segundo tempo, o camisa 1 do Grêmio fez uma defesa emblemática, de cinema. Um cruzamento de João Paulo, pela esquerda, encontrou Damião. O atacante colorado cabeceou forte, quase que um chute a gol. Victor, plástico, espalmou para escanteio e manteve o Gre-Nal 391 para o lado azul. Agora, o time de Wanderley Luxemburgo vai à Serra enfrentar o Caxias no Centenário. E ao Inter resta focar a Taça Farroupilha e a Libertadores da América. 

GAUCHÃO – QUARTA DE FINAL – TAÇA PIRATINI

Local: Estádio Beira-Rio

Data: 22/1/2012

Horário: 22h

INTER: Muriel; Elton (Josimar), Moledo, Índio e Kleber; Bolatti, Sandro Silva (João Paulo), Oscar e D’Alessandro; Dagoberto (Jô) e Leandro Damião. Técnico: Dorival Júnior.

GRÊMIO: Victor; Gabriel, Gilberto Silva, Naldo e Júlio Cesar (Bruno Colaço); Fernando, Léo Gago, Souza (Vilson) e Marco Antônio; Kleber (André Lima) e Marcelo Moreno. Técnico: Roger Machado (interino).

Gols: Léo Gago (G), aos 17 minutos, e Leandro Damião, aos 28 minutos do primeiro tempo. Kleber (G), aos 21 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Moledo, D'Alessandro, Índio (I). Naldo, Fernando, Leo Gago, Sandro Silva (G)

Arbitragem: Fabrício Neves Corrêa, auxiliado por Altemir Hausmann e José Javel Silveira

 

ZH ESPORTES

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias