Quarta, 26 de Janeiro de 2022 11:18
(55) 99612-5337
35°

Pancada de chuva

Itapiranga - SC

Dólar com.

R$ 5,43

Euro

R$ 6,12

Peso Arg.

R$ 0,05

Geral Temporal

Temporal deixa rastros de destruição e mais de 300 residências destelhadas em Curitiba

Temporal deixa rastros de destruição e mais de 300 residências destelhadas em Curitiba

19/09/2019 13h38 Atualizada há 2 anos
Por: Redação
Temporal deixa rastros de destruição e mais de 300 residências destelhadas em Curitiba

Os estragos da chuva que atingiu Curitiba, na quarta-feira (18), deixam o trânsito complicado em bairros de Curitiba na manhã desta quinta-feira (19).

Árvores caíram e estão interditando, ou atrapalhando o tráfego, em ruas do Batel e do Santa Cândida, entre outros. No Alto da Glória, buracos se abriram nas ruas e também refletem no trânsito. Além disso, há pontos com alagamento, como no Água Verde. 

O cruzamento da Rua Gutenberg com a Coronel Dulcídio, no Batel, é um dos locais onde o trânsito está fechado. O desvio é pela Dom Pedro II, de acordo com a Superintendência de Trânsito (Setran).

Na esquina da Rua Ângelo Sampaio com a Avenida Getúlio, no Água Verde, há bloqueio por causa de alagamento. Nesse caso, o desvio pode ser feito pela própria Getúlio Vargas ou pela Avenida Silva Jardim.

A prefeitura havia registrado 52 solicitações referentes a quedas de árvores de de galhos grandes. A Secretaria do Meio Ambiente está em atendimento nos locais onde houve chamada.

A administração municipal ressalta que o atendimento ocorre por ordem de chamada e conforme a gravidade da situação. As solicitações podem ser feitas pela Central de Atendimento 156 – por telefone ou pela internet.

Casas destelhadas

Cerca de 300 residências foram destelhadas com a chuva, de acordo com a Prefeitura de Curitiba. Desse total, 200 ficam no Caximba, 20 na Regional Boa Vista e 30 na Regional Santa Felicidade.

Ao todo, 1,2 mil pessoas foram prejudicadas pela chuva. 

Esses números foram divulgados pela Defesa Civil no início desta manhã. Segundo a administração municipal, ninguém ficou desabrigado, nem desalojado.

A prefeitura informou que distribuiu lonas, colchões e cobertores para as famílias atingidas.

Sem luz

Pouco mais de duas mil unidades consumidoras continuavam sem luz, conforme a Companhia Paranaense de Energia (Copel), por volta das 9h desta quinta-feira.

Na noite de quarta, cerca de 40 mil unidades consumidoras ficaram sem fornecimento de energia elétrica.

Chuva e vento

Conforme o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), foram registrados 21,6 mm em 15 minutos na capital do estado, na noite de quarta-feira.

As rajadas de vento chegaram, de acordo com o Simepar, a quase 65 km/h.

Fonte: G1

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias