7°C 10°C
São Miguel do Oeste, SC
Publicidade

Grêmio vira sobre o Flamengo e se mantém no G-6 do Brasileirão

Com gols dos jogadores que vieram do banco, Tricolor encerrou a seca sem vencer o time carioca

26/10/2023 às 08h13 Atualizada em 26/10/2023 às 08h17
Por: Redação1 Fonte: GZH
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

Quando o sonho da vaga à Libertadores parecia se afastar, o Grêmio mostrou sua força. Na Arena, em partida válida pela 29ª rodada, o Tricolor venceu o Flamengo de virada por 3 a 2 e se mantém no G-6 do Brasileirão. Ferreira, Nathan Fernandes e André Henrique marcaram os gols da vitória. Com 47 pontos, o time de Renato Portaluppi quebrou a sequência de quatro jogos sem vitórias e terminou a noite de quarta (25) com um ponto de vantagem para o Atlético-MG, que está em sétimo lugar.

Renato recorreu novamente a uma série de trocas para escalar o Grêmio contra o Flamengo. Ao todo, em relação ao time goleado pelo São Paulo na última rodada, cinco caras novas começaram a partida na Arena. Geromel retornou para formar o trio de defensores com Bruno Alves e Kannemann. Reinaldo foi o ala esquerdo, com Pepê e Villasanti como os volantes. No lado direito, João Pedro seguiu no time. O trio de ataque foi totalmente alterado. JP Galvão foi o substituto de Suárez e teve Galdino e Besozzi ao seu lado.

O problema é que o Grêmio começou o jogo dando oportunidades ao adversário. Um vacilo de João Pedro deu uma chance claríssima com apenas um minuto de jogo. O lateral tentou proteger a saída de bola pela linha de fundo, mas Cebolinha foi mais rápido. O cruzamento encontrou Gerson na área, mas o desvio do meia não foi preciso e a bola passou por cima do gol de Grando. 

O Flamengo adotou uma estratégia diferente dos outros jogos do ano no início da partida. O time carioca deixou os zagueiros do Grêmio com a bola e não pressionava. A marcação dos visitantes começava apenas a partir do meio de campo. O que criou alguns problemas para o time de Renato para levar a bola até o campo de ataque. 

A estratégia pensada por Tite fez o time carioca tomar conta da primeira parte da partida. Apesar de ver o adversário com a bola, o Grêmio evitava finalizações mais perigosas. Aos poucos, o Tricolor começou a se desvencilhar da marcação flamenguista. Buscando os lados do campo, principalmente na combinação entre Besozzi e Reinaldo pela esquerda, o time de Renato passou a conseguir algumas investidas no campo de ataque. 

Quando a estratégia do Grêmio parecia que manteria o jogo sob controle, o talento de um jogador revelado na base do clube fez a diferença. Só que a favor do Flamengo. Cebolinha disparou do próprio campo, deixou Geromel caído e evitou outra tentativa de desarme de Villasanti. O atacante driblou Grando e bateu para o gol vazio aos 41 minutos.

Na volta do intervalo, Renato fez uma troca. Colocou Ferreira no lugar de Besozzi. Só que o goleiro que precisou trabalhar foi Gabriel Grando. Após cobrança de escanteio, Pablo cabeceou e exigiu boa defesa com 11 minutos de segunda etapa.

Incomodado com a baixa produção ofensiva de sua equipe, Renato recorreu novamente ao banco. Cristaldo, Nathan Fernandes e André Henrique entraram nos lugares de Kannemann, Galdino e João Pedro Galvão. As trocas deram novo ânimo para o Grêmio. Mais no ímpeto do que na técnica, o time passou a rondar a área do Flamengo. 

A injeção de ânimo contagiou os 22 mil torcedores na Arena. E o público conseguiu comemorar uma reação. Após tabela na entrada da área, Ferreira recebeu de Villasanti e mandou um chute forte para emptar a partida aos 30 minutos. O gol, além da importância pelo resultado, também foi histórico. Foi o gol de número mil do Grêmio na era dos pontos corridos do Brasileirão.

A festa nas arquibancadas aumentou de vez minutos depois. Nathan Fernandes recebeu na área e bateu no canto de Rossi para confirmar a virada do Grêmio, com 35 minutos de partidas. O Flamengo ainda levou o terceiro. André Henrique aproveitou uma bola de Villasanti e acertou o chute para dar mais tranquilidade. 

O Grêmio ainda deu um susto na torcida. Luiz Araújo completou escanteio para o gol e descontou para o Flamengo nos minutos finais.  Uma vitória que impulsiona o Tricolor novamente em busca do objetivo da temporada. O retorno à Libertadores depende de mais nove rodadas de concentração do Tricolor.

Lenium - Criar site de notícias