7°C 10°C
São Miguel do Oeste, SC
Publicidade

Rio Grande do Sul volta a sofrer com chuvas e inundações.

Uma frente fria chegou durante o sábado ao estado gaúcho com chuva na maioria dos municípios.

18/06/2024 às 09h42
Por: Redação1 Fonte: Gaúcha ZH / Clic RBS
Compartilhe:
Agência RBS
Agência RBS

O últimos dias tem sido marcados por chuva excessiva em grande número de cidades do Rio Grande do Sul com marcas de 100 mm a 200 mm que trouxeram quedas de barreiras, deslizamentos de terra e inundações por transbordamento de cursos de água menores como arroios. Uma frente fria chegou durante o sábado ao estado gaúcho com chuva na maioria dos municípios.

Com o grande volume de chuvas esperado para os próximos dias, o Inmet emitiu alguns alertas meteorológicos para diferentes regiões do estado.

O alerta mais intenso, de “perigo”, abrange a metade norte do Rio Grande do Sul, incluindo cidades como Porto Alegre, Canoas, Caxias do Sul, Santa Maria e Passo Fundo. Nesses locais, as chuvas podem superar os 100 milímetros por dia, com ventos intensos, de até 100 km/h.

Rio Taquari está em elevação em Lajeado, mas prefeitura não cogita enchente como a de maio.

Administração municipal teme a água vinda de outras cidades da região, pois as zonas ribeirinhas podem sofrer alagamentos. Se nível chegar a 25m, processo de remoção de famílias será colocado em prática

Pelo menos 400 pessoas são obrigadas a deixar suas casas em São Sebastião do Caí
São Sebastião do Caí voltou a ser atingido pela cheia do Rio Caí, cerca de um mês depois da maior inundação da história da cidade. Equipes dos bombeiros voluntários trabalham com barcos para fazer resgates de famílias afetadas

Já em Lageado cerca de 8% do território pode ser afetado, incluindo colégios e comércios na região central da cidade. Em medição das 10h45min, a régua já marcava 23.

Lenium - Criar site de notícias