Sexta, 17 de Setembro de 2021 17:43
(55) 99612-5337
25°

Pancada de chuva

Itapiranga - SC

Dólar com.

R$ 5,29

Euro

R$ 6,2

Peso Arg.

R$ 0,05

Geral Calçados

Calçados Beira Rio demite 1.500 e ação trabalhista garante justiça aos operários

Calçados Beira Rio demite 1.500 e ação trabalhista garante justiça aos operários

26/04/2020 11h51 Atualizada há 1 ano
Por: Redação
Calçados Beira Rio demite 1.500 e ação trabalhista garante justiça aos operários

Na maior crise econômica dos últimos 30 anos, o setor calçadista acusou o baque e os trabalhadores sentem na pele. Nas unidades da Calçados Beira Rio (Igrejinha, Sapiranga, Novo Hamburgo, Osório, Teutônia, entre outras filiais), foram demitidos mais de 1.500 colaboradores no total. O Sindicato dos Sapateiros e a Federação Democrática dos Sapateiros do Rio Grande do Sul não souberam precisar quantos operários foram desligados, pois muitas das rescisões não passam pelas entidades. Mas a estimativa é próxima de 200 colaboradores, em Sapiranga, que perderam emprego.

Em Igrejinha, foram 150 colaboradores. Na primeira onda de demissão foram 60, ainda em março. Além de perder o trabalho, a Calçados Beira Rio tentou reduzir o impacto financeira das demissões, conforme explica o advogado da Federação Democrática, Henrique Schneider: “Uma Medida Provisória do Governo Federal equiparou a pandemia de Coronavírus ao motivo de força maior, prevista na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Acontece, que a Beira Rio previu pagar apenas metade das verbas rescisórias aos trabalhadores com base no artigo 502 da CLT. Porém, isso é errado e entramos em ação”, citou.

Medidas adotadas pela Federação dos Sapateiros

Henrique Schneider explicou que uma empresa só pode pagar a metade das verbas rescisórias aos trabalhadores quando ocorre o encerramento ou extinção das atividades da empresa/unidade: “E, como sabemos, não é o caso das filiais da Calçado Beira Rio que demitiram em massa”, contextualizou Schneider.

O advogado explicou ainda que percebendo a ilegalidade, a Federação Democrática dos Sapateiros do Rio

Grande do Sul, entrou com uma Ação Emergencial, na 2ª Vara do Trabalho de Sapiranga, para garantir o pagamento correto aos trabalhadores das unidades da Beira Rio: “Pedimos a suspensão das rescisões e a modificação para que fosse inserido que as demissões ocorreram sem justa causa, com pagamento integral aos trabalhadores, possibilitando o encaminhamento do Seguro-Desemprego sem impedimentos. Foi uma vitória dos trabalhadores”, definiu Henrique.

Fonte: Jornal Repercussão

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Itapiranga - SC
Atualizado às 17h32 - Fonte: Climatempo
25°
Pancada de chuva

Mín. 19° Máx. 26°

25° Sensação
11.5 km/h Vento
72.7% Umidade do ar
80% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (18/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (19/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 35°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias