Quinta, 28 de Outubro de 2021 07:39
(55) 99612-5337
Geral Criminosos

Criminosos se passam por agentes de saúde no Paraná

Criminosos se passam por agentes de saúde no Paraná

30/05/2020 08h44 Atualizada há 1 ano
Por: Redação
Criminosos se passam por agentes de saúde no Paraná

Bandidos estão se passando por agentes da Secretaria Municipal de Saúde para praticar crimes em Santo Antônio da Platina. A ação da quadrilha foi gravada por câmeras de segurança, na manhã desta sexta-feira (29), na área central da cidade. O suposto roubo só não ocorreu porque os marginais desconfiaram que o plano poderia dar errado e eles deixaram rapidamente o local.

As imagens mostram dois homens usando jalecos brancos, máscaras e bonés. A dupla aperta o interfone, mas logo percebe que está sendo observada por pessoas que passam pelo local. Os bandidos então desistem da ação e saem caminhando normalmente para não levantar suspeitas.

 

IDENTIFICAÇÃO

De acordo com uma testemunha, um terceiro integrante da quadrilha monitorava a ação dos criminosos à distância e se juntou a eles enquanto todos caminhavam em direção ao bairro Jardim Saúde.

“Os agentes de endemias não usam jaleco, e na Secretaria de Saúde não temos homens trabalhando na Saúde da Família, portanto, antes de abrir o portão pergunte o nome do funcionário, peça a ele que apresente seu crachá funcional e o informe que entrará em contato com a prefeitura para saber se realmente trata-se de alguma ação desenvolvida pela prefeitura", destaca a Secretária.

O delegado Rafael Guimarães, titular da 38ª Delegacia Regional de Polícia, também orienta a população sobre os cuidados de praxe. “Nessa época de pandemia muitos criminosos se aproveitam desses meios para que a entrada nas residências seja facilitada. Então havendo suspeita de que se trata de ato ilícito o morador deve acionar imediatamente a polícia através do número 190 para que as equipes se desloquem até o local para verificar a situação”. 

TV Tribuna do Vale

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias