Quarta, 26 de Janeiro de 2022 11:34
(55) 99612-5337
35°

Pancada de chuva

Itapiranga - SC

Dólar com.

R$ 5,45

Euro

R$ 6,14

Peso Arg.

R$ 0,05

Geral Com

Com três frigoríficos, Lar vai ampliar abate para 700 mil aves ao dia no Paraná

Com três frigoríficos, Lar vai ampliar abate para 700 mil aves ao dia no Paraná

22/07/2020 00h11 Atualizada há 2 anos
Por: Redação
Com três frigoríficos, Lar vai ampliar abate para 700 mil aves ao dia no Paraná

A Lar Cooperativa deve atingir a marca de 700 mil aves abatidas ao dia, a partir de setembro deste ano. A ampliação será possível porque a indústria deve contar com mais um frigorífico. O presidente da Lar, Irineo da Costa Rodrigues, assinou no dia 7 de julho contrato de arrendamento do complexo industrial da Granjeiro, localizado em Rolândia, região norte do Paraná. A estrutura locada contempla uma planta para abate de 175 mil aves/dia, uma indústria de rações e uma unidade de recepção de grãos, além da frota de veículos leves e pesados da empresa. No local serão mantidos os mais de 1.700 empregos e aproximadamente 300 aviários integrados.

“Nós estávamos procurando uma planta de abate de frangos que fosse adequada e tivesse as condições da Lar, em termos de qualidade do produto, para atendermos o mercado interno. E essa oportunidade surgiu no complexo industrial da Granjeiro, que é uma empresa privada de um único dono, e que por algumas razões de ordem familiar estavam querendo arrendar essa planta”, afirmou o diretor-presidente da Lar Irineo da Costa Rodrigues.

De acordo com o dirigente essa indústria é estratégica, possui habilitações importantes, como exportação para China por exemplo, e está localizada a menos de 15 km da ferrovia, portanto, pode embarcar os cortes de frango da Lar por trem para Paranaguá, o que reduz o custo de transporte.

Com relação ao destino da produção em Rolândia, Irineo comenta que o município, de mais de 60 mil habitantes, está muito próximo de Londrina e Maringá, uma das regiões do Paraná que concentra uma grande população consumidora. De acordo com ele a nova planta viabilizará o atendimento ao importante mercado do norte do Paraná e também poderá servir como centro de distribuição pela proximidade ao interior de São Paulo.

Rodrigues destacou que esse aumento na produção da Lar não irá saturar o mercado interno, que uma grande preocupação atualmente no país, pois é uma planta que já abate frango e irá mudar de dono, com o sistema de arrendamento.

A nova indústria também gera oportunidades de crescimento profissional para os funcionários da Lar Cooperativa. Muitas pessoas capacitas e que estavam trabalhando na região Oeste irão ocupar cargos de liderança no novo complexo industrial.

[themoneytizer id="65818-28"]

 

Lar Cooperativa

Formada por mais de 11 mil associados e 16 mil funcionários (não inclusos os números do arrendamento acima mencionado) atua no Paraná, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina há mais de 56 anos. Os negócios sólidos e com seriedade são conduzidos no ramo agrícola (comercialização de insumos e grãos) e pecuária. O abate de aves agora com o frigorífico da Granjeiro, somado a uma indústria em Matelândia e outra em Cascavel, resulta em aproximadamente 700 mil aves/dia. O know-how da Lar em avicultura já ultrapassa a marca de 20 anos. A Cooperativa também tem produção própria de suínos, ovos comerciais e leite.

Por AvicuItura Industrial

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias