Quarta, 03 de Março de 2021 11:01
(55) 99612-5337
Geral ACIDENTE

BRINCADEIRA DE MAU GOSTO NA BR-277 MATA PASSAGEIRA NO PORTA-MALAS DE CARRO

A passageira ao lado do motorista que estava alcoolizada, virou o volante do carro em movimento, vindo a capotar e matando a jovem que estava no porta malas.

22/02/2021 08h45
4.196
Por: Redação1 Fonte: Pinhais Jovem - SC Curitibanos
Pinhais Jovem - Grupo SC Curitibanos
Pinhais Jovem - Grupo SC Curitibanos
A passageira ao lado do motorista que estava alcoolizada, virou o volante do carro em movimento, vindo a capotar e matando a jovem que estava no porta malas.
"Acidente aconteceu nas proximidades da fábrica da Renault, em São José dos Pinhais".
Uma brincadeira de mau gosto, como definiu a Polícia Rodoviária Federal (PRF), matou uma passageira que era levada no porta-malas de um carro na BR-277, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. De acordo com os ocupantes do automóvel, todos são “amigos de festa” e retornavam para casa quando uma das passageiras teria puxado o volante, fazendo o motorista de 19 anos perder o controle nas proximidades da fábrica da Renault.
De acordo com testemunhas, o veículo já estaria andando em ziguezague metros antes do acidente, o que confirmaria a realização da brincadeira. A vítima foi arremessada para fora do Ford Focus após impacto do veículo contra a mureta do canteiro central da rodovia.
Em entrevista à Banda B, o motorista de 19 anos confirmou um “equívoco” da amiga que estava no banco da frente. “Na verdade, a gente foi para São José dos Pinhais procurar um motel, mas como não estávamos com muito dinheiro, ela (a vítima) deu a ideia de ir no banco de trás, para poder se esconder na entrada. Como não encontramos nenhum motel com vaga, a gente decidiu retornar para casa, na Borda do Campo, mas ela ainda sim recusou sentar no banco de trás por ser pertinho”, disse.
PRF realizou teste do bafômetro no motorista, que constatou a presença de álcool: 0,05 miligramas de álcool por litro de ar expelido.
Segundo o próprio motorista, porém, a amiga que puxou o volante estaria bêbada. “Um pouco antes do acidente, eu fui ultrapassar um veículo e voltei para a minha pista, mas acabei dando uma balançadinha. Essa minha amiga gostou e disse para eu fazer de novo. Como ela estava meio bêbada, puxou o volante e eu não consegui ter controle mais”, relatou.
Irresponsabilidade
Para o policial rodoviário federal Esteves, o acidente demonstra a irresponsabilidade dos ocupantes do carro. “É o consumo de bebida alcoólica aliado com um pouco de irresponsabilidade. Por ser uma brincadeira, é uma ocorrência que não é comum, mas que poderia ser totalmente evitado”, lamentou.
1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias