Segunda, 19 de Abril de 2021 09:49
(55) 99612-5337
Geral Covid-19

Covid dispara em crianças e testes para vacina são anunciados

A Pfizer-BioNTech anunciou que espera iniciar estudos da vacina contra a Covid-19 em crianças de cinco a 11 anos nos próximos meses, de acordo com um comunicado à imprensa.

24/02/2021 11h26
2.304
Por: Redação 2 Fonte: CNN Brasil
Ilustrativa Adobe Stock
Ilustrativa Adobe Stock

A Pfizer-BioNTech anunciou que espera iniciar estudos da vacina contra a Covid-19 em crianças de cinco a 11 anos nos próximos meses, de acordo com um comunicado à imprensa.

O anúncio traz alívio para pais de todo o mundo, já que vêm aumentando os casos de Covid-19 em crianças, praticamente em todos os países.

No Brasil, o último Boletim Epidemiológico referente a 2020 mostra que do início da pandemia até o fim do ano houve 7.566 internações de crianças com até 5 anos por Covid-19, das quais 3.463 foram de bebês com até um ano e 4.103 de crianças entre 1 e 5 anos. E foram 562 mortes por Covid-19 de crianças de zero a cinco anos.

Na faixa etária de 6 a 19 anos, foram 7.072 hospitalizações e 641 mortes pela doença.

Só agora em 2021, já foram 626 hospitalizações de crianças com até cinco anos, das quais 323 tinham até um ano e 303 estavam na faixa de um a cinco anos de idade. E esses são apenas os casos confirmados para Covid-19. Muitos ainda estão em investigação. Houve, ainda, 36 mortes de crianças com até cinco anos.

Na faixa etária de 6 a 19 anos, foram 413 internações e 31 óbitos agora em 2021.

O teste atual da Pfizer-BioNTech – para crianças de 12 a 15 anos – começou a inscrever participantes em outubro do ano passado.

Esse ensaio está agora totalmente registrado e as empresas dizem que “os dados relevantes estão planejados para serem apresentados às autoridades regulatórias no segundo trimestre de 2021”.

Atualmente, a vacina contra a Covid-19 da Pfizer recebeu autorização de uso de emergência da Food and Drug Administration dos EUA só para maiores de 16 anos.

Para acompanhar os boletins divulgados pelo Ministério da Saúde, clique aqui.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias