Quinta, 28 de Outubro de 2021 07:24
(55) 99612-5337
Geral GM MOTORS

GM interrompe fabricação de veículos em Gravataí

Após dar férias coletivas de um mês aos trabalhadores da fábrica localizada em Gravataí, a General Motors (GM) anunciou a suspensão da produção de veículos por mais dois meses.

04/03/2021 09h24 Atualizada há 8 meses
Por: Redação1 Fonte: Correio do Povo
Mauro Schaefer / CP Memória
Mauro Schaefer / CP Memória

Após dar férias coletivas de um mês aos trabalhadores da fábrica localizada em Gravataí, a General Motors (GM) anunciou, nesta quarta-feira, a suspensão da produção de veículos por mais dois meses. A medida, motivada pela falta de peças para abastecimento da linha, vai se estender até o final do mês de maio.

Em nota, a montadora atribuiu o problema às “paradas de produção durante a pandemia, e à recuperação do mercado mais rápida que o esperado”. Conforme a GM, a escassez de suprimentos que afeta a indústria automotiva na América do Sul deve provocar reflexos até julho, mês em que está previsto o retorno ao volume de produção regular.

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí, Valcir Ascari, afirma que a categoria compreende o momento da empresa, e que não há indicativos de demissões na fábrica de Gravataí. O pagamento adiantado da participação dos funcionários nos lucros da GM e de abono estão mantidos.

“Demissões pontuais sempre existem, isso faz parte. Mas esse não é o caso. Nós já tínhamos aprovado o lay-off por um período de dois a seis meses, só que a empresa ia manter um turno funcionando. Hoje, eles nos chamaram para dizer que a paralisação vai ser total”, relata o líder sindical.

Com a suspensão dos contratos, os funcionários devem ter acesso a benefícios como o Seguro Desemprego até a normalização das atividades na fábrica. Cerca de 5 mil trabalhadores, entre funcionários da própria GM e de fornecedoras, estão vinculados à unidade instalada em Gravataí.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias