Sábado, 29 de Janeiro de 2022 07:50
(55) 99612-5337
Geral TUNÁPOLIS

POLÍCIA CIVIL CONCLUI INQUÉRITO DE ABIGEATO E INDICIA SUSPEITO EM TUNÁPOLIS

Prática de abigeatos ocorreram no interior de Tunápolis nos meses de janeiro e fevereiro

09/03/2021 20h23
Por: Redação1 Fonte: POLÍCIA CIVIL

POLÍCIA CIVIL – DPMU DE TUNÁPOLIS CONCLUI INQUÉRITO DE ABIGEATO E INDICIA SUSPEITO

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Polícia de Tunápolis conclui nesta data um Inquérito Policial que apura a prática de delitos de abigeato ocorridos na cidade nos meses de janeiro e fevereiro do corrente ano.

Durante a investigação foi constatado que no porta malas do veículo conduzido pelo suspeito foi localizada uma bacia com sangue, uma faca suja de sangue e uma "garra de cabo de chupeta" (serve para ligar um veículo com problemas de bateria). Na oportunidade, o condutor foi autuado em flagrante delito pelo crime de receptação (AUTO DE PRISÃO EM FLAGRANTE 00446.0000002/2021), uma vez que o veículo era objeto de furto da cidade de Bombinhas.

Em continuidade às investigações, verificamos que houve uma tentativa de abigeato, no dia 02.02.21, na Linha Pitangueira, e um abigeato consumado, ocorrido no dia 02.02.21, na Linha São José. Nos locais dos fatos também foram localizados/recolhidos "cabo de fazer chupeta".

Destaca-se que nos dois registros mencionados foram utilizados dois cabos de chupeta, porém tinham apenas três garras. Após a realização de perícia pelo Instituto Geral de Perícias foi constatado que a "garra de cabo de chupeta" apreendida no veículo era parte dos cabos encontrados nas outras ocorrências, bem como que na bacia que estava dentro do veículo havia material convergente com gordura animal e que foram localizadas marcas de sangue no interior do veículo.

Diante dos indícios de autoria e da prova da materialidade colhidas no curso das investigações, a Autoridade Policial indiciou o suspeito pela prática dos delitos previstos nos art. 155, §6, c/c art. 14, inciso II, ambos do Código Penal e no previsto no art. 155, §6, do Código Penal, respeitadas todas as garantias constitucionais e legais.

A Polícia Civil, por meio da DPCO/FRON DE ITAPIRANGA e das DPMUs de TUNÁPOLIS e SÃO JOÃO DO OESTE, continuará exercendo as funções constitucionais de polícia judiciária e investigativa, visando o combate às infrações penais.

A Polícia Civil esclarece que mesmo diante do atual cenário de pandemia decorrente do Novo Coronavírus, com a vigência das medidas de isolamento social decretadas, continua realizando ininterruptamente suas atribuições constitucionais de apuração das infrações penais.

“Colabore com a Polícia Civil. Denuncie. Disque 181, não é necessário a identificação”

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias