Segunda, 19 de Abril de 2021 10:41
(55) 99612-5337
Destaque FATALIDADE

Adolescente de 14 anos morre ao cair de altura de 10 metros em cachoeira de SC

Acidente ocorreu na tarde de domingo na Cachoeira Salto do Rio Vermelho, em Santo Amaro da Imperatriz. Corpo de Arthur Renan Leite de Freitas foi resgatado pela equipe dos bombeiros.

29/03/2021 17h38
1.132
Por: Redação 2 Fonte: G1 SC
Reprodução/ NSC TV
Reprodução/ NSC TV

Um adolescente de 14 anos morreu após cair de uma cachoeira em Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis. O acidente ocorreu por volta das 13h30 de domingo (28), na Cachoeira Salto do Rio Vermelho. Segundo os bombeiros, a queda foi de uma altura de cerca de 10 metros.

Por conta da dificuldade de acesso ao local, o helicóptero Arcanjo 1 foi acionado. Equipes com mergulhadores do Corpo de Bombeiros Militar trabalharam no resgate da vítima.

O corpo de Arthur Renan Leite de Freitas foi encontrado na água no final da tarde e encaminhado ao Instituto Geral de Perícias (IGP). As circunstâncias do acidente não foram detalhadas.

Cachoeira do Rio Vermelho

A Cachoeira do Rio Vermelho é um local de águas limpas, frescas, belas paisagens após uma pequena trilha e de se passar por comunidades rurais.

O local de acesso à cachoeira fica a 45km do centro da Capital. A cachoeira fica em uma plataforma de rocha cercada de floresta. No salto do Rio Vermelho a água não cai em queda livre. Ela escorrega por um paredão de rocha de mais de 50 metros. Logo abaixo, uma enorme piscina natural. De tão funda, ela chega a ser preta.

O Rio Vermelho tem suas nascentes na serra do Cambirela, acima dos 1.000 metros de altitude. O salto tem grande valor científico, educativo e turístico.

Cachoeira em Santo Amaro da Imperatriz reserva beleza e aventura]

Para evitar acidentes, é importante ter muito cuidado ao caminhar pelas rochas, que se tornam extremamente escorregadias. Também é importante contratar um guia profissional, caso não seja um morador da região.

Cuidados em rios e cachoeiras

Confira as dicas e orientações do Corpo de Bombeiros sobre os cuidados para quem frequenta rios, lagos e cachoeiras. Confira:Nunca mergulhe de cabeça;Cuidado com o limo nas pedras, porque é passível de escorregar e cair na água;Se possível, procure locais com a prevenção de guarda-vidas;sempre avise a parentes e amigos o local que você está indo e a hora programada para retorno;leve um telefone carregado e verifique se a área possui sinal, para utilização em casos de emergência;utilize colete salva-vidas. As boias causam uma falsa sensação de segurança, podendo estourar ou virar;ao entrar na água a referência que se deve ter é: “água no umbigo é sinal de perigo”, pois esse é o ponto de referência do equilíbrio;se você for entrar na água tenha alguém observando, já que por mais que saiba nadar você pode ser acometido de um mal estar ou mal súbito, podendo tornar-se uma vítima;tenha cuidado com a chamada “tromba d’água”, este fenômeno pode acontecer mesmo sem que esteja chovendo no local, aumentando significativamente a quantidade de água que desce nos rios e cachoeiras, não dando tempo para sair em segurança da água;por mais que você “ache” que conheça o local, os rios, lagos, cachoeiras estão em constante mudança, então lembra-se que você não o conhece;cuidado com buracos e fundos de lodo, você pode afundar rapidamente;se o rio tiver correnteza nunca entre com água acima do joelho;se você ingeriu bebida alcoólica ou fez uma refeição recentemente, Não entre na água;se mesmo com todas as dicas de prevenção você tiver uma ocorrência em rio, tente manter a calma, não lute contra a correnteza, guarde suas forças para flutuar e acene por socorro imediatamente.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias