Segunda, 19 de Abril de 2021 10:52
(55) 99612-5337
Geral TENENTE PORTELA

Polícia autoriza divulgação da imagem de portelense acusado de matar enteada

Elias dos Santos Silvestre, de 39 anos, já teve a prisão preventiva decretada pelo Poder Judiciário

06/04/2021 17h48
4.465
Por: Redação 2 Fonte: Sistema Província
 Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

O Poder Judiciário determinou a prisão preventiva de Elias dos Santos Silvestre, de 39 anos. O ex-morador de Tenente Portela é acusado de matar a enteada de 13 anos. Jordana Tamires Christ Watthier foi assassinada no domingo (04/04), em Bom Princípio.

Segundo o delegado da Polícia Civil de Bom Princípio, Marcos Eduardo Pepe, com a decretação da prisão e o indiciamento do ex-padrasto da menina, ele é considerado foragido. A Polícia Civil autorizou a divulgação da foto do indivíduo, pois está com a ordem de prisão e a sua captura é de interesse público.

Conforme a investigação, o homem, que trabalhava de pedreiro, já possui antecedentes criminais por outros três crimes sexuais, inclusive contra duas menores de idade, além de um roubo. Ele foi condenado há 12 anos de reclusão e, atualmente, estava em liberdade condicional.

Elias dos Santos Silvestre está desaparecido desde a data do crime. A vítima foi encontrada às margens da ERS 122, com sinais de estrangulamento e violência sexual. O automóvel do principal suspeito foi encontrado no final da tarde de 04 de abril nas imediações da estação rodoviária de Montenegro.

A Polícia Civil suspeita que o homem possa ter fugido de ônibus. Os agentes analisam as imagens de câmeras de monitoramento para tentar descobrir o destino tomado pelo acusado.

Jordana Tamires Christ Watthier foi sepultada na manhã da terça-feira (06/04), no cemitério de Três Passos, sua terra natal.

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias