Segunda, 19 de Abril de 2021 10:01
(55) 99612-5337
Destaque COVID-19

Reinfecção da Covid-19 pode ser mais agressiva mesmo sem variantes

Estudo ainda não foi publicado e angaria dados de maio a dezembro de 2020; pacientes podem não ter desenvolvido a imunidade adequada, abrindo portas para uma reinfecção perigosa e de sintomas graves

06/04/2021 17h52
823
Por: Redação 2 Fonte: ND Mais
Central vacina blumenau
Central vacina blumenau

A reinfecção pela Covid-19 é mais agressiva e independe de variantes do vírus. É o que afirma estudo da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz).

A análise, em fase preliminar, ainda não foi publicada e é realizada em conjunto com a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e Idor (Instituto D’Or de Ensino e Pesquisa).

Os dados analisados pela Fiocruz mostram que pacientes infectados apresentaram sintomas mais graves na reinfecção, mesmo que não tenham testado positivo para uma das variantes que circulam no mundo.

Quem teve quadro moderado, leve, ou não apresentou nenhum sintoma, pode não ter desenvolvido a imunidade adequada com anticorpos eficientes, abrindo a possibilidade para uma reinfecção mais procupante.

Foram analisados casos do Rio de Janeiro, de maio a dezembro de 2020.“Nossa descoberta de que pessoas com Covid-19 leve podem ter controlado a replicação do Sars-Cov-2 sem desenvolver imunidade humoral [Subdivisão da imunidade adquirida em que a resposta imunológica é realizada por anticorpos] detectável sugere que a reinfecção é mais frequente do que se supõe, mas essa hipótese não está bem documentada”, descreve o estudo.

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias