Terça, 18 de Janeiro de 2022 00:37
(55) 99612-5337
Destaque DOM FELICIANO

MULHER CONFESSA TER DOPADO E QUEIMADO O MARIDO EM FORNO DE FUMO E DIZ QUE SOFRIA AGRESSÕES

Um crime chocou os moradores de Dom Feliciano RS, município localizado a 270 km de Lajeado, e agora tem a confissão da autora

13/05/2021 09h45
Por: Redação 2 Fonte: Agora no Vale
Polícia divulgação
Polícia divulgação

Um crime chocou os moradores de Dom Feliciano RS, município localizado a 270 km de Lajeado, e agora tem a confissão da autora, de 35 anos. Nesta terça-feira, 11 de maio, a Polícia Civil esclareceu o desaparecimento de um homem de 42 anos, ocorrido em fevereiro, e descobriu que ele foi dopado e morreu queimado em uma estufa de fumo durante três dias.

Logo depois da ação policial, a mulher dele confessou o crime. De acordo com o relatório da polícia, ela deu medicamento tranquilizante misturado em suco de laranja e colocou o homem dormindo dentro de uma fornalha na estufa de fumo da casa da família. A vítima acabou morrendo carbonizada.

Ela confessou o crime e contou que o fez por que sofria violência doméstica, e que agora os filhos dela estavam sendo ameaçados. O casal estava junto havia 21 anos e tinha dois filhos, uma jovem de 16 e um de 20. O rapaz também foi preso nesta terça, temporariamente, por suspeita de envolvimento no caso.

O caso agora é tratado como homicídio doloso qualificado, por recurso que impossibilitou a defesa da vítima e premeditação.

LEIA TAMBÉM

Mulher dopa marido e queima vivo em forno de fumo

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias