Quarta, 26 de Janeiro de 2022 10:55
(55) 99612-5337
34°

Pancada de chuva

Itapiranga - SC

Dólar com.

R$ 5,42

Euro

R$ 6,11

Peso Arg.

R$ 0,05

Geral Volkswagen

Volkswagen anuncia encerramento da produção de motores a combustão a gasolina e a diesel

Volkswagen, a maior produtora de veículos do mundo, para de desenvolver e fabricar motores a combustão a gasolina e a diesel para focar nos carros elétricos

13/05/2021 21h04
Por: Redação 2 Fonte: Clickpetroleoegas
Reprodução Google
Reprodução Google

A multinacional Audi, pertencente ao Grupo Volkswagen, já havia anunciado recentemente que não iria desenvolver mais nenhum motor a combustão e que o foco da montadora será voltado em fabricação de carros elétricos. Agora, a própria alemã aderiu à ideia e o chefão da marca anunciou o fim do desenvolvimento e fabricação desse tipo de propulsor, seja a gasolina ou a diesel.

Segundo a informação do Ralf Brandstätter, CEO da Volkswagen, em entrevista à Automobilwoche, a montadora alemã continuará apenas atualizando e revisando os atuais motores a combustão a gasolina e diesel de forma a torná-los mais eficientes. O motivo dessa medida é que a multinacional vai investir pesado na fabricação e produção de carros elétricos.

O executivo não disse por quanto tempo ainda contemplaremos os motores a gasolina e a diesel nos carros da Volkswagen, mas, o que tudo indica, é que eles devem permanecer pelos próximos 10 anos.

Apesar da montadora desejar que até 2030 metade das suas vendas na Europa sejam de carros totalmente elétricos, haverá a permanência dos carros com motores a combustão a gasolina e diesel, que é o caso do Golf e do Tiguan, que devem ganhar mais uma geração.

Um dos desafios da gigante Volkswagen para a implantação dos carros elétricos são os países como o Brasil, onde há pouca ação e incentivo para a adoção de veículos eletreficados. Com todo o desafio, a VW pretende lançar até 2023, no Brasil, 6 modelos de carros elétricos ou híbridos. Um deles será o Golf de oitava geração, que será lançado na versão híbrida GTE.

Volkswagen “joga a toalha”, desiste de ser a “maior fabricante do mundo” e entrega de bandeja o título para a rival Toyota

Agora, que a montadora alemã vai concentrar totalmente os seus esforços em melhorias internas, abandonar os motores a combustão e focar nos carros elétricos – uma área que a empresa já está à frente da rival Toyota. Dessa forma, a empresa se despede da batalha com a Toyota pela coroa da indústria automobilística.

Com a Volkswagen “jogando a toalha”, a japonesa Toyota deve permanecer como a maior montadora em termos de volume e liderar o mercado de automóveis ao longo dos próximos anos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias