Domingo, 26 de Setembro de 2021 22:17
(55) 99612-5337
Esportes GRÊMIO

Grêmio perde para o Juventude em Caxias e afunda na lanterna do Brasileirão

Tricolor voltou a ter atuação ruim, foi derrotado por 2 a 0 e segue sem vencer na competição

01/07/2021 10h16
Por: Redação1 Fonte: Correio do Povo
Antonio Machado / Futura Press
Antonio Machado / Futura Press

O Grêmio voltou a decepcionar seu torcedor nesta quarta-feira. Na noite gelada de Caxias do Sul, jogou mal mais uma vez e acabou derrotado por 2 a 0 para o Juventude no Alfredo Jaconi. Com o resultado, o Tricolor afunda na lanterna, com apenas dois pontos conquistados em 18 disputados, e segue sem vencer no Campeonato Brasileiro de 2021. 

O Juventude, por sua vez, vive seu melhor momento no Brasileirão, alcançando o quarto jogo de invencibilidade. Venceu o Flamengo na rodada anterior e, com mais um resultado positivo, saltou para a sexta colocação, com 12 pontos ganhos. 

Os gols da partida foram marcados um em cada tempo. Aos 27 minutos, Paulinho Bóia bateu de fora da área e fez 1 a 0. Na etapa final, após erro de Paulo Miranda, Matheus Peixoto não perdoou e definiu o placar.  

O Grêmio volta a campo no domingo, quando enfrenta o Atlético-GO, às 20h30min. O confronto acontece na Arena. O Juventude volta a campo no domingo, às 18h15min, para enfrentar o Ceará, no Castelão.

Juventude sai na frente no primeiro tempo 

Pressionado e com necessidade de alterações por conta dos desfalques, Tiago Nunes mexeu no time. Os volantes Darlan e Bobsin entraram para atuar com Matheus Henrique, diante da ausência de Thiago Santos, machucado. Na zaga, Paulo Miranda substituiu Kannemann. No gol, mais uma vez Chapecó iniciou a partida. O titular Brenno está recuperado da Covid-19, mas ainda não tem condições físicas.

O Grêmio ficou mais com a bola nos 10 minutos iniciais. Rodou no campo de ataque e tentou especialmente com Douglas Costa, que finalizou duas vezes logo no começo da partida. Primeiro, recebeu de costas e girou. Na segunda, cortou para o meio e bateu de fora da área. Nas duas oportunidades, Marcelo Carné ficou com ela, sem dificuldades. 

Depois dos 15, o Juventude equilibrou as ações e também ocupou o campo do Grêmio, finalizando com perigo na bola parada aérea. Quando tinha a bola, o Grêmio insistia pela esquerda com Ferreira. O atacante, no entanto, prendeu demais a bola e foi desarmado em repetidas oportunidades, também pela demora em se livrar dela.

A melhora do Juventude se refletia na superioridade no meio campo. O Tricolor sofria com a marcação no setor e com a perda da segunda bola. Em mais uma delas, os donos da casa levaram a vantagem em sequência nos rebotes. Aos 27, ela sobrou para Paulinho Boia, que bateu forte, colocado, sem chances para Chapecó, colocando um 1 a 0 merecido no placar para o time da Serra.

O Juventude seguiu dominando as ações, e o Grêmio sentiu o gol. Minutos depois, os donos da casa tiveram a chance de ampliar. A jogada começou com cruzamento da direita, e a bola foi escorada para a pequena área. Ali, Guilherme Castilho bateu cruzado e ela passou perto do pé da trave de Chapecó. Nas poucas vezes em que o Tricolor reteve a bola depois do gol, ela foi inócua. Assim, quase não criou chances de perigo e foi ao intervalo perdendo merecidamente por 1 a 0.

Paulo Miranda erra no fim 

Para o segundo tempo, Tiago Nunes realizou duas trocas. Sacou Darlan para a entrada do meia Jean Pyerre, e trocou um centroavante por outro, mesmo com a bola mal chegando em condições a Diego Souza na etapa inicial. No lugar dele, a opção foi por Ricardinho.

Apesar das alterações, a primeira boa chance de marcar no segundo tempo foi do Juventude. Após cobrança de falta pela direita, aos 16, Matheus Peixoto subiu mais alto que a zaga do Grêmio e cabeceou com perigo. Ela passou muito perto do travessão do goleiro Chapecó.

Mesmo com as alterações, o Grêmio repetia os problemas da etapa inicial. Ficou com a bola no campo do Juventude, e rodou ela de um lado ao outro. No entanto, não conseguia infiltrar na defesa ou criar chances claras para marcar. 

Já para além dos 30 minutos, Tiago Nunes corrigiu outro problema do Grêmio. O setor direito, que sofreu na marcação e pouco produziu com Rafinha, passou a contar com Vanderson. No lugar de Matheus Henrique, que voltou a ter atuação ruim, entrou Luiz Fernando.

A troca até resultou em uma pressão ofensiva final, com Vanderson participativo, assim como em todas as vezes que recebeu oportunidade. Porém, foi insuficiente para buscar o empate. Ainda houve tempo para Paulo Miranda falhar, entregar a bola para Matheus Peixoto que, na cara de Chapecó, deslocou o goleiro para fazer 2 a 0. Assim, o time afundou na lanterna do Brasileirão, ainda sem vitórias no torneio.

Campeonato Brasileiro - 8ª rodada

Juventude 2

Marcelo Carné; Macedo, Mendes, Rafael Forster e William Matheus; Elton, Guilherme Castilho, Mateus Jesus e Weslcley; Paulinho e Peixoto. Técnico: Marquinhos Santos

Grêmio 0

Gabriel Chapecó; Rafinha, Geromel, Paulo Miranda e Diogo Barbosa; Matheus Henrique, Darlan, Victor Bobsin, Ferreira e Douglas Costa; Diego Souza. Técnico: Tiago Nunes 

Gols: Paulinho Boia (27/1T) e Matheus Peixoto (39/2T)

Cartões amarelos: Chico (Juventude); Tiago Nunes (Grêmio)

Arbitragem: Vinicius Gonçalves Dias Araújo

Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)

 

Data e hora: 30/06, às 21h30min 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Itapiranga - SC
Atualizado às 22h08 - Fonte: Climatempo
23°
Poucas nuvens

Mín. 18° Máx. 33°

23° Sensação
14 km/h Vento
39.2% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (27/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Terça (28/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 34°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias