Domingo, 26 de Setembro de 2021 22:08
(55) 99612-5337
Geral VACINAS

Grávidas e puérperas vacinadas com a AstraZeneca podem tomar segunda dose de outro fabricante em SC

Orientação é do Ministério da Saúde

24/07/2021 09h53
Por: Redação1 Fonte: Clic RDC
Secom
Secom
As grávidas e puérperas de Santa Catarina que foram vacinadas contra a Covid-19 com a vacina da AstraZeneca/Fiocruz poderão tomar a segunda dose de outro fabricante. A orientação é do Ministério da Saúde (MS), que autorizou a aplicação das doses a partir da última sexta-feira (23).
De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) de Santa Catarina, a preferência é para a aplicação da segunda dose da vacina Pfizer. No entanto, na ausência da vacina deste fabricante, a Coronavac (Sinovac/Butantan) também poderá ser utilizada para este público. Mesmo com outro imunizante, a segunda dose deverá ser administrada no intervalo previamente agendado.
O superintendente de vigilância em saúde, Eduardo Macário, ressalta que essa decisão do Ministério vem de encontro ao que já estava sendo discutido no estado. “O Comitê Técnico Assessor de Imunização da Secretaria de Saúde, formado por especialistas em infectologia e imunização, já havia sinalizado, baseado em estudos, que os benefícios da intercambialidade de doses da vacina contra a Covid-19 em gestantes e puérperas superavam os riscos. Além disso, é importante que esse público esteja vacinado com as duas doses para a proteção completa”, explica o superintendente.
Antes, a recomendação era de que gestantes e puérperas que haviam tomado a primeira dose da vacina AstraZeneca/Fiocruz aguardassem o término do período da gestação e puerpério para a administração da segunda dose da vacina do mesmo fabricante.
Gestantes e puérperas ainda não vacinadas
Mulheres que estejam gestantes ou no puerpério ainda não vacinadas só podem receber doses das vacinas dos laboratórios Sinovac/Butantan e Pfizer. A vacinação com doses da AstraZeneca/Fiocruz permanece suspensa para este público.
Para que tenham direito à vacinação, gestantes e puérperas precisam comprovar a condição, por meio de relatório médico, carteira de acompanhamento da gestante/pré-natal, declaração de nascimento da criança ou certidão de nascimento. Além disso, a vacina contra a COVID-19 deve ser prescrita pelo médico que acompanha a mulher, após análise conjunta da avaliação de riscos e benefícios do uso da vacina.
Em relação às lactantes, não há mudanças, informou a DIVE. Para este público, devem seguir as mesmas orientações em relação a vacinação das gestantes e puérperas, recebendo doses dos laboratórios Sinovac/Butantan e Pfizer. No entanto, se receberam a primeira dose da vacina AstraZeneca/Fiocruz, devem receber a segunda dose do mesmo fabricante, sem necessidade de troca.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Itapiranga - SC
Atualizado às 22h08 - Fonte: Climatempo
23°
Poucas nuvens

Mín. 18° Máx. 33°

23° Sensação
14 km/h Vento
39.2% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (27/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Terça (28/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 34°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias