Domingo, 26 de Setembro de 2021 22:57
(55) 99612-5337
Geral Canelinha

​Mulher que cortou a barriga de grávida com estilete e roubou bebê vai à júri popular

Rozalba Maria Grime vai responder pelos crimes de homicídio de “motivo torpe”, por “meio cruel” e tentativa de homicídio

27/07/2021 10h32
Por: Redação1 Fonte: SCC10
Ilustração
Ilustração

A Justiça determinou que Rozalba Maria Grime, acusada de cortar a barriga da grávida Flávia Godinho Mafra com um estilete para roubar o bebê, em Canelinha, vá à júri popular pelos crimes de homicídio de “motivo torpe”, por “meio cruel” e tentativa de homicídio contra a recém-nascida, que assumiu o risco (dolo eventual) de “provocar o resultado morte do recém-nascido, já que a executora não possuía capacidade técnica para executar o parto”.

O companheiro de Rozalba, que também havia sido denunciado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), foi solto por estar comprovado que ele não teria atuado como coautor.

Após a defesa solicitar um exame de sanidade, o MPSC apresentou um laudo informando que a Rozalba Maria Grime é mentalmente sã e que pode ser julgada pelos crimes.

“Entendo que o laudo pericial apresentado aos autos mostra-se válido e eficaz, constituindo-se em prova da capacidade da ré, classificando-a entre os imputáveis, uma vez que Rozalba “não possui qualquer transtorno psiquiátrico, doença mental, perturbação da saúde mental ou desenvolvimento incompleto ou retardado”, apresenta o documento.

Segundo as provas produzidas em inquérito policial, no dia 27 de agosto de 2020, Rozalba Maria Grime teria levado a amiga Flávia Godinho Mafra para um local, supostamente para participar de um chá de bebê surpresa, onde a golpeou com um tijolo e provocou seu desmaio.

Na ocasião, a vítima estava grávida, e a investigada teria usado um estilete para realizar, de forma precária, o parto.

A hemorragia do ferimento causou a morte da vítima.

Em seguida, a denunciada teria se encontrado com o companheiro e ido até o Hospital de Canelinha, onde informou que o filho da vítima era seu e que fizera o parto em via pública, solicitando, portanto, ajuda no pós-parto.

A equipe do hospital que atendeu a demanda percebeu que as informações eram controversas e acionou a Polícia Militar, a qual constatou

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Itapiranga - SC
Atualizado às 22h48 - Fonte: Climatempo
23°
Poucas nuvens

Mín. 18° Máx. 33°

23° Sensação
13.6 km/h Vento
43.6% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (27/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Terça (28/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 34°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias