Sábado, 04 de Dezembro de 2021 00:41
(55) 99612-5337
Fotos PONTE RIO URUGUAI

Movimento Pró-Ponte no Rio Uruguai garante recursos para o projeto da obra

Atualmente, travessia entre Barra do Guarita e Itapiranga é realizada por balsas e lanchas

11/11/2021 08h20
Por: Redação 2 Fonte: Rádio Alto Uruguai
Oeste Mania
Oeste Mania

O Movimento Pró-Ponte RS/SC, entre Barra do Guarita e Itapiranga, está comemorando um importante avanço na luta por esta ligação interestadual.

Após audiência mantida no mês passado, em Brasília (DF), com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, o movimento já havia recebido a garantia de que a federalização do trecho da SC-163, entre Itapiranga e São Miguel D’Oeste, será formalizada em breve, após já ter cumprido as etapas burocráticas e trâmites no estado catarinense e no DNIT. Com a federalização deste trecho formalizada, já será possível o governo federal investir recursos no projeto da ponte.

O ministro também se comprometeu a realizar o projeto da ponte, desde que o movimento regional conseguisse viabilizar, através de articulação política, R$ 10 milhões em emendas parlamentares federais, a partir das bancadas gaúcha e catarinense, no Congresso Nacional.

De acordo com o presidente do movimento e prefeito de Barra do Guarita, Rodrigo Locatelli Tisott, o grupo decidiu dividir este valor, com as lideranças catarinenses buscando R$ 5 milhões através de seus parlamentares, e as lideranças gaúchas os outros R$ 5 milhões, também com seus respectivos parlamentares federais.

Segundo o prefeito, o objetivo foi alcançado, após as lideranças políticas e empresariais terem se unido na busca e no contato com deputados e senadores. O valor levantado pelo lado gaúcho, em emendas, ficou um pouco inferior aos R$ 5 milhões, mas o prefeito de Barra do Guarita garante que será suficiente para que o Ministério da Infraestrutura realize o projeto.

O Movimento Pró-Ponte RS/SC é composto por uma série de entidades: Amuceleiro, Amufron, Ameosc, Federasul, Famurs, Facisc, Cacis, Semit.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias