Sexta, 28 de Janeiro de 2022 22:42
(55) 99612-5337
Geral Covid-19

Brasil fechará fronteiras a países com nova variante da covid-19

Anúncio foi feito pelo ministro chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, em uma rede social. Mais cedo, o Ministério da Saúde emitiu um alerta sobre a cepa do novo coronavírus, surgida na África

26/11/2021 20h50
Por: Redação1 Fonte: Correio Braziliense
 EVARISTO SA
EVARISTO SA

O governo brasileiro decidiu tomar providências em relação à variante da covid que assombrou o mundo nesta sexta-feira. Horas depois dos alertas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e do Ministério da Saúde, o Palácio do Planalto anunciou medidas restritivas.   

"O Brasil fechará as fronteiras aéreas para seis países da África em virtude da nova variante do coronavírus. Vamos resguardar os brasileiros nessa nova fase da pandemia naquele país. Portaria será publicada amanhã e deverá vigorar a partir de segunda-feira", escreveu o ministro chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, em uma rede social.

De acordo com Nogueira, "a decisão foi tomada em conjunto" e será assinada pelas seguintes pastas:  Casa Civil, Ministério da Infraestrutura, Ministério da Saúde e Ministério da Justiça. "A restrição atingirá os passageiros oriundos de: África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue", esclareceu Nogueira. 

Nesta sexta-feira (26/11), o Ministério da Saúde emitiu uma comunicação de risco sobre a variante Ômicron, identificada primeiramente na última terça (23) na África do Sul. Ela é classificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como variante de preocupação, já que contém mais de 30
mutações na proteína Spike, que é a principal proteína do SARS-CoV-2.

Segundo o documento, o alerta de risco "tem como objetivo apoiar na divulgação rápida e eficaz de conhecimentos às populações, parceiros e partes intervenientes possibilitando o acesso às informações fidedignas que possam apoiar nos diálogos para tomada de medidas de proteção e controle em situações de emergência em saúde pública".

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias