Sábado, 28 de Maio de 2022
20°

Chuva

Itapiranga - SC

Dólar
R$ 4,73
Euro
R$ 5,08
Peso Arg.
R$ 0,04
Esportes GAUCHÃO

Inter vence o Juventude com gols de Mauricio e Yuri Alberto

Colorado começou o Gauchão somando três pontos; time de Caxias descontou com Ricardo Bueno

27/01/2022 às 07h21
Por: Redação1 Fonte: GZH
Compartilhe:
Ricardo Duarte / Inter
Ricardo Duarte / Inter

Começou com vitória a história de Alexander Medina no Inter. Na estreia no Gauchão 2022, seu time venceu o Juventude, no Alfredo Jaconi, por 2 a 1. Os gols foram de Mauricio e Yuri Alberto. Ricardo Bueno descontou.
Inter aceita proposta do Zenit-RUS e libera Yuri Alberto para viajar à Rússia

O primeiro Inter do Cacique não contou com os reforços já anunciados para a temporada. Mas recuperou peças que tiveram bons momentos em 2021, como o goleiro Daniel e o meia Mauricio, e deu chance a jogadores pouco usados, tipo Heitor e Boschilia. 

A equipe foi estruturada no 4-2-3-1, tendo Dourado e Edenilson na primeira linha do meio-campo, à frente deles Taison centralizado, Mauricio pela direita e Boschilia na esquerda. Yuri Alberto foi o centroavante. No Juventude, Jair Ventura não esperou: liberado pelo BID, Guilherme Parede, uma das novidades do ano, já foi titular do lado esquerdo do ataque, formando um trio com Ricardo Bueno e Capixaba.

O jogo começou com aquele duplo sentimento típico de estreia em temporada: ao mesmo tempo em que os times tentam mostrar algumas novidades do período de treinos, nitidamente sofrem com a falta de ritmo e com o que se costuma chamar de "perna pesada". 

A estratégia de Medina de reduzir o campo, aproximando as linhas entre ataque e defesa, ficou bem clara. Ao mesmo tempo que isso impedia o Juventude de tramar jogadas mais elaboradas, com trocas de passe, abria espaço para lançamentos longos. Se alguém bobeasse, erraria a linha de impedimento.

Foi assim que o Juventude chegou ao primeiro ataque forte. Eram 10 minutos. A defesa toda saiu, menos Moisés, que habilitou Ricardo Bueno, lançado às costas da defesa. O centroavante avançou, entrou na área e bateu. Daniel defendeu com o peito. 

A partida seguia equilibrada, com vantagem das defesas sobre os ataques. Eram poucas oportunidades e muitos passes errados. Da parte colorada, a criação ficou bem abaixo do esperado. Assim, coube ao Juventude criar outra grande chance. 

Após cruzamento da direita, aos 29, Capixaba cabeceou sozinho. A trave e Daniel salvaram o Inter. O time colorado só foi incomodar o goleiro William aos 40. Yuri Alberto avançava em direção à área quando foi derrubado por Capixaba. Falta que Boschilia cobrou, mas a bola caiu em cima da rede.

Antes do intervalo, Daniel salvou o Inter mais duas vezes. Capixaba apareceu pela esquerda, cruzou e Ricardo Bueno antecipou-se a Bruno Méndez, escorou de peito. O goleiro salvou. No rebote, Darlan encheu o pé e o novo camisa 1 fez outra grande defesa.

Sem mudanças de jogadores na volta do vestiário, o que se viu de diferente foi a postura do Inter. E o aproveitamento. Aos três minutos, Boschilia, pela esquerda, passou para a frente de pé direito, e Taison deu um toque de primeira, com enorme categoria, para Moisés. O lateral cruzou rasteiro para trás, Mauricio dominou e encheu o pé: 1 a 0 para o Inter.

O gol desmantelou o Juventude. Sem concentração, o time de Caxias escapou de tomar o segundo. Era um contra-ataque de quatro contra um, mas Yuri Alberto deixou a bola escapar. No lance seguinte, o centroavante não perdoou. 

Aos oito minutos, Boschilia avançou pela esquerda e cruzou rasteiro. Yuri dominou e girou de pé esquerdo, vencendo William. Na comemoração, imitou o gesto do Cacique Medina nos seus tempos de jogador, imitando atirar uma flecha. Antes dos 10 minutos, 2 a 0 para o Inter.

Com a vantagem, o time colorado teve mais tranquilidade para trocar passes e criar. Boschilia encontrou Mauricio na área, mas o meia errou em bola. Ainda conseguiu se recuperar e recuar para o próprio Boschilia, que chutou por cima.

O Juventude voltou a atacar aos 17. Parede bateu de virada e Daniel espalmou para escanteio. Aos 26, Medina fez as primeiras trocas. Tirou os dois ponteiros, Mauricio e Boschilia, visivelmente cansados, e colocou em campo Caio Vidal e o estreante Liziero. Daniel voltou a brilhar aos 33. Rodrigo Bassani recebeu pela direita, ajeitou e mandou bala, de bate-pronto. O goleiro espalmou para escanteio.

Na cobrança, porém, Dourado errou feio. Saltou com o braço para cima e cometeu pênalti. Ricardo Bueno bateu bem, deslocou Daniel e diminuiu a diferença. 

Nos minutos finais, o Juventude subiu a pressão. Mas o Inter conseguiu segurar a vitória e começar o Gauchão com três pontos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Itapiranga - SC Atualizado às 19h57 - Fonte: ClimaTempo
20°
Chuva

Mín. 19° Máx. 23°

Dom 22°C 19°C
Seg 20°C 16°C
Ter 20°C 13°C
Qua 21°C 17°C
Qui 20°C 16°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Enquete
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias